6 Dicas Poderosas Para Melhorar Sua Auto Confiança

[Total: 0    Média: 0/5]

Ninguém nasce com autoconfiança ilimitada e muitos querem aprender como aumentar a autoconfiança.

Se alguém parece ter uma incrível autoconfiança, é porque ele ou ela trabalha na construção há anos.

A autoconfiança é algo que você aprende a construir, porque o mundo desafiador dos negócios e a vida em geral podem esvaziá-lo.

“Baixa autoestima é como dirigir pela vida com o freio de mão.” – Maxwell Maltz

Uma análise negativa online, uma solicitação de reembolso de um cliente ou uma rejeição simples por parte das mulheres podem diminuir nossa autoconfiança.

Comentários bem-intencionados, mas às vezes desagradáveis, daqueles que estão mais próximos de nós também podem nos afetar.

Além disso, temos que lidar com o nosso crítico interior da dúvida que constantemente nos diz que não somos bons o suficiente.

Quando bombardeados por tantos elementos que ameaçam nossa autoconfiança, precisamos nos encarregar de construí-la por nós mesmos.

A construção de um negócio de sucesso requer uma pele espessa e uma confiança inabalável em sua capacidade de superar obstáculos.

Aqui estão 10 coisas que você pode fazer para aprender como aumentar a autoconfiança.

1. Visualize-se como você deseja ser.

“O que a mente pode conceber e acreditar que pode alcançar.” – Napoleon Hill

Visualização é a técnica de ver uma imagem sua da qual você se orgulha, em sua própria mente. Quando lutamos com baixa autoconfiança, temos uma percepção ruim de nós mesmos que geralmente é imprecisa. Pratique a visualização de uma versão fantástica de si mesmo, alcançando seus objetivos.

2. Afirme-se.

“As afirmações são uma ferramenta poderosa para instalar deliberadamente as crenças desejadas sobre você.” – Nikki Carnevale 

Nós tendemos a nos comportar de acordo com nossa própria auto-imagem. O truque para fazer mudanças duradouras é mudar a maneira como você se vê.

Afirmações são declarações positivas e edificantes que dizemos a nós mesmos. Estes são normalmente mais eficazes se forem ditos em voz alta, para que você possa se ouvir dizendo isso. Tendemos a acreditar no que dizemos a nós mesmos constantemente. Por exemplo, se você odeia sua própria aparência física, pratique dizendo algo que você aprecia ou gosta quando você se olha no espelho.

Para que seu cérebro aceite suas afirmações positivas mais rapidamente, expresse suas afirmações como perguntas como: “Por que sou tão bom em fazer acordos?” Em vez de “Eu sou tão bom em fazer negócios”. Nosso cérebro é biologicamente ligado à busca respostas a perguntas, sem analisar se a pergunta é válida ou não.

3. Faça uma coisa que assusta você todos os dias.

“Se você é inseguro, adivinhe? O resto do mundo também é. Não superestime a concorrência e subestime a si mesmo. Você é melhor do que pensa. ”- T. Harv Eker 

A melhor maneira de superar o medo é enfrentá-lo de frente. Ao fazer algo que o assusta todos os dias e ganhar confiança com cada experiência, você verá sua autoconfiança disparar. Então saia da sua zona de conforto e enfrente seus medos!

4. Questione seu crítico interno.

“Você vem se criticando há anos e não funcionou. Tente se aprovar e veja o que acontece. ”- Louise L. Hay

Alguns dos comentários mais severos que recebemos vêm de nós mesmos, através da “voz do crítico interno”. Se você luta com baixa autoconfiança, existe a possibilidade de seu crítico interno se tornar hiperativo e impreciso.

Estratégias como terapia cognitivo-comportamental ajudam você a questionar seu crítico interno e a procurar evidências para apoiar ou negar as coisas que seu crítico interno está lhe dizendo. Por exemplo, se você pensa que é um fracasso, pergunte a si mesmo: “Que evidência existe para apoiar o pensamento de que eu sou um fracasso?” E “Que evidência existe que não apóia o pensamento de que eu sou um fracasso? ”

Encontre oportunidades para parabenizar, elogiar e recompensar a si mesmo, mesmo pelos menores sucessos. Como Mark Twain disse: “[Um] homem não pode se sentir confortável sem a sua própria aprovação”.

Relacionados: 9 clipes de filme (com músicas!) Para mantê-lo inspirado

5. Aceite o desafio de 100 dias de rejeição.

“Ninguém pode fazer você se sentir inferior sem o seu consentimento.” – Eleanor Roosevelt

Jia Jiang tornou-se famoso por registrar sua experiência de “acabar com o medo”, fazendo propositadamente pedidos malucos de pessoas para ser rejeitado por 100 dias. Seu objetivo era dessensibilizar-se à rejeição, depois que ele ficou mais chateado do que esperava com a rejeição de um potencial investidor. Não é fácil dominar o medo, mas se você quiser se divertir enquanto aumenta sua autoconfiança, essa é uma maneira poderosa de fazê-lo.

6.  Prepare-se para vencer.

“Para estabelecer a verdadeira autoconfiança, precisamos nos concentrar em nossos sucessos e esquecer as falhas e os negativos em nossas vidas.” – Denis Waitley

Muitas pessoas ficam desanimadas com suas habilidades porque estabelecem metas que são muito difíceis de alcançar. Comece definindo objetivos pequenos que você pode vencer facilmente.

Depois de criar um fluxo de sucessos que fazem você se sentir bem consigo mesmo, você pode avançar para objetivos mais difíceis. Você também deve manter uma lista de todas as suas realizações, grandes e pequenas, para se lembrar dos momentos em que se saiu bem.

Em vez de focar apenas nas listas de tarefas, gosto de passar um tempo refletindo nas listas de tarefas. Refletir sobre os principais marcos, projetos e metas que você alcançou é uma ótima maneira de reforçar a confiança em suas habilidades.

7. Ajude alguém.

Ajudar outra pessoa geralmente nos permite esquecer de nós mesmos e nos sentir gratos pelo que temos. Também é bom quando você é capaz de fazer a diferença para outra pessoa.

Em vez de se concentrar em suas próprias fraquezas, seja voluntário como mentor, ajude ou ensine outra pessoa e você verá sua autoconfiança crescer automaticamente no processo.

8. Cuide de si mesmo.

“O autocuidado nunca é um ato egoísta – é simplesmente uma boa mordomia do único presente que tenho, o presente que fui colocado na terra para oferecer aos outros.” – Parker Palmer

A autoconfiança depende de uma combinação de boa saúde física, emocional e social. É difícil se sentir bem consigo mesmo se você odeia seu corpo ou constantemente tem pouca energia.

Arranje tempo para cultivar ótimos exercícios, hábitos alimentares e sono. Além disso, vista-se como deseja. Você já ouviu o ditado de que “as roupas fazem o homem”. Construa sua autoconfiança, fazendo um esforço para cuidar de suas próprias necessidades.

9. Crie limites pessoais.

“Nunca ser intimidado em silêncio. Nunca se permita ser  vítima. Não aceite a definição de ninguém da sua vida, mas defina a si mesmo. ”- Harvey Fierstein

Aprenda a dizer não. Ensine os outros a respeitar seus limites pessoais. Se necessário, faça aulas de como ser mais assertivo e aprenda a pedir o que deseja. Quanto mais controle e dizer que você tem sobre sua própria vida, maior será sua autoconfiança.

Relacionado:  5 maneiras de treinar seu cérebro e aumentar sua auto-estima

10. Mude para uma mentalidade de igualdade.

“Desejar ser outra pessoa é um desperdício da pessoa que você é.” – Marilyn Monroe

Pessoas com baixa autoconfiança vêem os outros como melhores ou mais merecedores do que eles. Em vez de carregar essa percepção, veja a si mesmo como sendo igual a todos. Eles não são melhores ou mais merecedores do que você. Faça uma mudança mental para uma mentalidade de igualdade e você verá automaticamente uma melhoria em sua autoconfiança.

Nossa auto confiança está diretamente ligada ao estado de espírito pelo qual estamos passando.

Quanto mais felizes, dispostos e de bem com vida, melhor é nossa imagem e sentimento sobre nós mesmos.

Quando o contrário ocorre e nos sentimos feios, cercados de problemas e com o astral lá embaixo, precisamos de uma revigorada, uma injeção de ânimo, para continuarmos em frente e seguirmos com nossas vidas.

Mas nem sempre é fácil superar todas as adversidades, evitar o pessimismo e o sentimento de que nada dá certo nunca.

Com isso em mente, elaboramos este post com 6 dicas para recuperar e melhorar sua confiança. Acompanhe com a gente:

Como aumentar a autoconfiança?

#1 – Pratique esportes/Vá para academia

Praticar atividades físicas traz felicidade!

Este é um fato comprovado por médicos e especialistas, uma vez que quando fazemos algum esporte diversas reações químicas ocorrem em nosso organismo, dentre elas o aumento da produção de cortisol e endorfina.

A primeira substância ajuda a controlar e diminuir o estresse, a raiva, a ansiedade e o medo, sendo muito importante no combate à depressão.

A outra, por sua vez, é considerada como o “hormônio do prazer e do bem-estar” devido às sensações que provoca.

Se você ainda não pratica exercícios, comove praticar quarenta minutos de exercícios, ao menos três vezes por semana, para sentir os efeitos dessas substâncias e para se olhar no espelho de forma diferente, viril e forte.

Argumento imbatível para acabar de vez com o sedentarismo!

#2 – Procure novos desafios

Os desafios movem as pessoas!

Matricule-se em um novo curso para aperfeiçoamento profissional ou para desenvolver alguma nova habilidade pessoal, desenvolva algum novo projeto ou trace uma meta para correr uma prova de 10 km de pedestrianismo em sua cidade, nos próximos seis meses, por exemplo.

Enfim, recicle-se! Reinvente-se!

Quando mudamos, o mundo à nossa volta também muda!

#3 – Entre na moda

Uma visita ao shopping ou aquela loja de roupas de sua preferência também lhe farão bem.

Nem tanto para seu bolso, é verdade, mas é uma alternativa válida.

Comprar aquela camisa transada da moda, uma calça nova ou calçado – tênis ou sapato – estiloso sempre ajudam a dar uma renovada.

Dar uma modificada no visual sempre dá bons resultados.

#4 – Adote um novo hobby

Procure por um novo hobby que te prenda atenção de forma positiva.

Opte por algo que te dê prazer e que você esteja fazendo por vontade própria e não por obrigação.

Leia mais, assista filmes diferentes do que está acostumado, prenda-se a um seriado que nunca viu, procure por um novo estilo musical, pratique um outro esporte.

São várias as possibilidades para encontrar algo inédito!

#5 – Viaje mais

Tem algo melhor do que viajar, conhecer novos lugares, culturas e pessoas?

Planeje-se para realizar uma viagem em breve ou reúna os amigos para fazer aquela viagem dos sonhos. Ao retornar, certamente, você voltará revigorado.

#6 – Evite comparações

Aquele velho ditado “a grama do vizinho é sempre mais verde do que a nossa” na maioria das vezes é mentiroso.

Quando estamos tristes, desanimados e com o astral em baixa costumamos nos comparar a alguém próximo, seja um amigo melhor sucedido em sua carreira, um colega de trabalho que parece ter a vida perfeita ou aquele familiar presente em todos os eventos.

Evite esses tipos de comparações.

Cada um leva a vida de uma maneira e talvez essas pessoas tenham os mesmos ou até mais problemas e angústias que você.

Ninguém é igual! Temos hábitos, manias, rotinas e objetivos diferentes uns dos outros.

E desencane de procurar pela mulher de capa de revista ou por aquela vida de comercial de cerveja. Isso é bem difícil!

Agora é com você, meu amigo! Aproveite nossas dicas, melhore sua autoestima, saia do marasmo e renove sua vida.

Procure por novas atividades, hobbies e desafios.

Novos lugares também são boas formas de aumentar seu conhecimento de mundo. Por fim, não se   esqueça de evitar as comparações: elas raramente são benéficas.

como aumentar a autoconfianca

Comentários

  1. Claudomiro de Sena Barros Responder

    A muito tempo que eu já estava travado na mesmice mas agora estou com um novo espírito de ânimo e só tenho a ganha valeu isso funciona de verdade gostaria que vocês usassem esses métodos pois eles são infalíveis obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *