4 Mitos Sexuais que Você Precisa Desvendar

Se hoje todo mundo fala de sexo naturalmente, o assunto foi tabu por muitos séculos, e isso levou a interpretações equivocadas e à criação de muitos mitos sexuais, alguns deles bem impressionantes e inacreditáveis.

Mas, com o comportamento moderno da sociedade, o tema começou a ser mais debatido e passamos a entender nosso corpo e nossa libido de forma muito mais clara: mitos sexuais passam a ser apenas mais um tema de discussão.

Mesmo com isso, é impressionante o número de questões que ainda continuam a intrigar muita gente por aí. Quer conhecer os principais mitos sexuais que você precisa conhecer? Acompanhe!

4 Mitos Sexuais que ainda impressionam e geram polêmica

MITO #1: Tamanho é documento

Esse talvez seja o principal mito sexual que continua vigente, especialmente para os homens. Mas vamos tentar esclarecer de uma vez por todas: o canal vaginal tem entre 9 e 12 centímetros de profundidade e a maioria das terminações nervosas está na parte inicial – nos primeiros 4 centímetros.

Portanto, um pênis que se encontre na média normal, entre 10 e 17 centímetros de comprimento, poderá satisfazê-la completamente. Você só terá problemas se estiver bem fora dessa margem, caso contrário, não precisa se preocupar!

mitos sexuais

► CLIQUE AQUI e acesse o Guia Definitivo de Aumento Peniano

MITO #2: Homens pensam mais em sexo do que mulheres

Diversas pesquisas têm demonstrado que o pensamento sexual é bem parecido em ambos os gêneros.

Mulheres pensam e desejam tanto quanto homens e, se não expressam tanto, é mais por questões comportamentais ou sociais.

No fim das contas, pensar em sexo é bom para todos: o desejo sexual parecido é desejável para a formação de pares e a perpetuação da espécie.

MITO #3: Não é possível quebrar o pênis

Embora o pênis não possua nenhum osso, acredite, é possível quebrar ele. Ele é formado por dois tubos chamados corpos cavernosos, que são os locais que se enchem de sangue no momento da ereção.

Ao redor deles fica uma espécie de capa fibrosa que se chama túnica albugínea, que não permite que o sangue saia durante o ato.

Se o rapaz se empolgar e começar a variar bruscamente as posições e não tomar cuidado, o pênis pode sofrer uma torção e quebrar, rompendo essa capa fibrosa e fazendo com que o sangue se extravase.

Dependendo da gravidade, pode haver impotência e outros problemas graves. Por via das duvidas, é melhor tomar cuidado!

MITO #4: Sexo antes de uma atividade física pode comprometer o rendimento

Esse é um mito muito comum no mundo dos esportes, e não é raro vermos técnicos proibindo qualquer contato íntimo perto de eventos importantes.

Conheça 3 tipos de artes marciais que trazem muito benefício tanto para o seu corpo e mente

mitos sexuaisMas as pesquisas mostram que eles não teriam por que temer. Em dez horas, os atletas estão amplamente recuperados e aptos a praticar qualquer atividade.

Só se nota perda de rendimento quando o sexo é muito próximo ao horário do jogo. Outras pesquisas mostram que ele pode até ajudar, pois aumentaria os níveis de testosterona dos atletas.

Como desmitificar os mitos sexuais e ser mais confiante

Procurar saber mais sobre sexo, é mais do que saudável, evita que você acredite e saia espalhando muita balela por aí.

Além disso, saber o que é realmente mito e verdade contribui muito para sua saúde sexual, ter mais autoconfiança e desempenho na hora H.

E se você deseja métodos naturais e eficazes, sem efeitos colaterais para aumentar sua potência sexual e aprimorar seu desempenho, sem essas fórmulas mágicas que colocam sua saúde em risco e sem gastar com equipamentos mirabolantes, clique aqui e conheça uma oferta exclusiva para leitor do Macho em Série.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *