Técnica Dirty Talk: Aprenda o que falar para excitar uma mulher

Palavras têm poder, meu camarada! E quando bem usadas, em um contexto adequado, podem lhe trazer recompensas extremamente gratificantes, mesmo sendo algo mais “safadinho”. Estamos falando do dirty talk: um linguajar chulo, por vezes até grosseiro, utilizado para apimentar a relação entre quatro paredes e despertar os desejos mais reprimidos e selvagens de um casal.

Mas como tudo na vida, tudo tem limite! É preciso tomar cuidado para não se exceder e vulgarizar a situação, estragando o clima e ofendendo sua parceira.

O dirty talk é justamente isso:  algo para apimentar suas transas e dar mais prazer aos casais e externizar aquilo que muitos têm vergonha ou medo de fazer, mas de forma sexy e sensual, sem ser apelativo.

Por isso, neste post vamos dar algumas dicas para você se dar bem com sua gata na cama utilizando um vocabulário mais pervertido e excitá-la, mesmo com algumas “grosserias”. Vem conferir!

Vá com calma!

Se você e sua parceira já tem esse costume, tudo bem! Mas soltar o verbo logo de cara com uma gata nova pode assustar a menina. Comece devagar, aos poucos, com palavra safadinhas leves. Se a reação dela for positiva, continue e vá aumentando o grau. Porém, nem todas gostam de ser xingadas na cama, mesmo que em tom de safadeza.

Sem faltar com o respeito

A forma que você usará para emitir suas palavras podem modificar seu contexto e ofender a garota. Provocá-la com um “safadinha” ou até mesmo um “putinha”, dito carinhosamente, é bem diferente de chamá-la de “vadia” ou “vagabunda”. Mesmo estando a sós com a ela, as expressões podem ser interpretadas de forma ofensiva e por tudo a perder.

Como falar

Tão importante como o que falar, é a forma como expressar isso. Diga aquilo que sinta, ao seu estilo. Não mude a voz, querendo parecer um astro dos filmes pornôs,  ou tente ser sexy de uma forma que não é a sua. Seja sexy e safado do seu jeito.

E quanto mais espontâneo você for, melhor! Ser repetitivo também não é legal! Cansa e pode entediar a gata.

Não seja meloso, por favor

Durante o sexo, não, por favor! Você precisa excitá-la e não tratá-la como uma criança ou como sua filha.  Sussurre palavras pervertidas no ouvido dela, endureça sua pegada, seja mais viril, mas sem perder a ternura. Você tem que deixá-la com tesão e não apaixonada!

Descontraia

Entre quatro paredes vale tudo! Afinal, estão somente você e ela. Nada de timidez ou medo da reação da gata. Brinque, descontraia, deixe-a enlouquecida e cheia de tesão. Caso ela não goste, você saberá. Mas se ela curtir a brincadeira, meu amigo, você se dará muitíssimo bem! Portanto, é só perder a vergonha e começar a brincadeira.

Entendeu o ponto? Livre-se de seus pudores, enlouqueça-a e tenha as melhores transas da sua vida. Se ela abraçar sua ideia, será melhor ainda! Ponha nossas dicas em prática e conte-me como foi. Boa sorte e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *