Clássico para moda masculina, a eterna jaqueta de couro

A chegada do frio pede que você tire do armário aquelas peças que estavam guardadas, certo? E é justamente nesse momento que você percebe que as suas jaquetas estão velhas ou fora da moda! Então na hora de investir em um item que é um clássico no figurino masculino: a jaqueta de couro.

Essa peça faz com que você não só melhore seu guarda-roupa, como também lhe dará um visual mais moderno e jovem. Sem contar que a jaqueta de couro nunca sai de moda e tem uma durabilidade muito maior do que outros modelos de casaco.

Mas não pense que você pode pegar a jaqueta e vestir como se fosse um moletom com capuz, que basta colocar e pronto. Vamos com calma!

Couro natural x sintético

Antes, vamos diferenciar o couro natural do sintético. O natural é feito da pele do animal, por isso tem uma duração maior —  você precisa ter alguns cuidados, é claro, como não deixar a peça em ambiente fechado por muito tempo ou coberta por plástico. É importante também hidratar a jaqueta a cada três meses para evitar ressecamento e o estilhaçamento da pele. Não dobre-a ou a pendure ao contrário.

Já o sintético, apesar de não ser exatamente couro, é feito com laminados derivados do petróleo. Tem uma duração menor e, por isso, vale comprar uma que não seja de material tão ruim, pois com o tempo ela pode começar a se esfarelar se ficar exposta à umidade ou muito tempo guardada.

Os modelos clássicos da jaqueta de couro

Explicadas as diferenças, vamos aos principais modelos da jaqueta de couro:

O modelo clássico é a Perfecto. Se você assistiu ao filme “O Selvagem”, com Marlon Brando, vai lembrar-se da jaqueta que ele usa. É a Perfecto, a mesma eternizada pelos Ramones.

O modelo Biker tem a gola arredondada, muito usado por motociclistas em filmes.

E, de uma forma mais genérica, há os modelos que fazem as vezes de casacões, com golas imitando camisas.

A partir desses modelos, existem várias modificações, cabe a você escolher a jaqueta que mais lhe agrada.

Dicas para usar a jaqueta

A jaqueta é um item clássico ligado à rebeldia, mas que também possui um jeito moderno e elegante. Então, não dá para achar que ela combina com qualquer coisa. Vamos às dicas para que você use bem esse item importante do guarda-roupa masculino:

  • Não a utilize com bermudas. A jaqueta de couro faz supor que o tempo esteja frio, o que não combina com itens de verão e temperaturas amenas. Além disso, o couro é um elemento pesado, que não faz par com peças leves;
  • A jaqueta vai bem com calças jeans e de sarja, pode apostar sem medo! Por baixo, camisetas, polos e camisas vão compor bem o visual. Se o frio estiver muito forte, pode acrescentar um cachecol ou suéter na combinação;
  • Tênis, sapatos e botas fecham o visual com perfeição, o que mostra o quão versátil é a jaqueta de couro;
  • Evite jaquetas com rebites e tachinhas e peças com detalhes exagerados, como bolsos e golas grandes. Elas têm um público muito bem definido e seu uso é um pouco restrito;
  • Opte por jaquetas que tenham pele ou lã na parte interna somente se você for viajar para lugares de temperaturas muito baixas, do contrário, você vai derreter no inverno brasileiro;
  • As cores pretas e marrons são as tradicionais, mas não são as únicas. Se for para ter apenas uma peça no armário, opte por uma das duas;
  • Lembre-se de que as peças que ficam por baixo não devem ter comprimento maior do que a jaqueta.

Leve em conta todos esses aspectos na hora de comprar a jaqueta e pense em sua aquisição como se fosse um investimento, pois ela irá durar por longo tempo. E aí, gostou das nossas dicas? Ainda tem alguma dúvida sobre como usar a jaqueta de couro? Deixe sua opinião!

Guia moda para homens