7 dicas para quem quem embarcar num Relacionamento Aberto

Existem diversas maneiras de viver um relacionamento. O relacionamento aberto é uma dessas escolhas que têm sido feitas por muitos casais mundo afora. E se você está pensando em começar um relacionamento assim, ou mesmo está curioso sobre o tema, está no lugar certo! Porque neste artigo você irá descobrir tudo sobre o que é relacionamento aberto, quais os prós e os contras e como fazer dar certo.

 

Então, sem mais delongas…

 

O que é relacionamento aberto, afinal?

Para muitos casais, a ideia de dividir a pessoa amada com alguém está fora de cogitação. Soa como uma traição. Mas para outros, o relacionamento aberto não significa ‘dividir o parceiro com outros’, mas multiplicar as experiências amorosas de ambos consensualmente. Ou seja, ambos querem estar nesse tipo de relação, então isso não significa infidelidade. E todas as outras relações devem estar dentro de acordos e regras pré estabelecidas pelo casal.

No relacionamento fechado e monogâmico, por outro lado, já existe a pressuposição de fidelidade na relação com uma só pessoa sem que o casal converse sobre isso. Então a traição é mais pontual. Mas não podemos deixar de mencionar que pode existir, sim, traição num relacionamento aberto. Isso acontece quando alguma das regras é descumprida. A traição, portanto, tem mais a ver com a lealdade do que com o desejo ou a relação com outras pessoas.

Então a traição no relacionamento aberto acontece, por exemplo, quando alguém fica com outra pessoa sem comunicar ou quando se envolve emocionalmente caso as regras do casal estabeleçam apenas relações sem compromisso. É por isso que as regras devem ser bem claras para que não haja decepções e frustrações profundas com esse tipo de relação.

Mitos e verdades sobre o relacionamento aberto

Isso é coisa de jovem? Não! Embora a maioria das pessoas tenha a ideia de que são os jovens que apostam mais nesse tipo de relacionamento, também há muitos casais mais ‘maduros’ embarcando no relacionamento aberto. Porque depois de muitos anos juntos eles querem tentar experiências novas com terceiros como forma de apimentar a relação.

É importante saber também que o relacionamento aberto não é uma escolha apenas para fazer sexo, como um mito divulgado por aí. Algumas pessoas dentro dessa relação resolvem apenas flertar ou ter mais liberdade com pessoas do sexo oposto (ou do mesmo sexo), sem necessariamente se envolver sexual ou emocionalmente. Outras concordam com as múltiplas relações do parceiro, mas resolvem não ter outras relações. Mas tudo isso deve estar bem claro entre o casal, sem pressões, sem cobranças e com muita comunicação.

Por que as pessoas entram num relacionamento aberto?

Os motivos para experimentarem esse tipo de relacionamento variados. Pode ser que o casal perceba que não são capazes de atender às necessidades do outro. Pode ser pelo fetiche sexual de ter experiências sexuais com outras pessoas. Pode ser porque estão em um relacionamento à distância e decidem viver num relacionamento aberto temporariamente. Pela necessidade de mais liberdade, diversão e desafio. Ou simplesmente para fugir da rotina.

relacionamento aberto

Mas, é claro, uma pessoa que sempre foi favorável à monogamia e que prefere exclusividade não irá mudar de ideia apenas com os motivos acima. É necessário já ter um perfil mais livre, radical e disruptivo para se acertar bem com essa proposta. Pessoas tradicionais, ciumentas, românticas incorrigíveis, ou que apenas não conseguem se imaginar numa relação assim, geralmente não aderem a esse tipo de relacionamento.

Então, se você se considera dentro do perfil para um relacionamento aberto mas acha que sua parceira não, compreenda e permaneça fiel a ela. Mas se você quer muito ter esse tipo de envolvimento, é melhor terminar com ela e procurar alguém que tope. Honestidade, sempre!

Como se pode ver, esse estilo de vida não é tão simples quanto parece e nem todos são preparados para um relacionamento aberto. Então tenha muita certeza de que você e sua parceira estão realmente dispostos, pois ambos devem concordar.

Prós e contras de um relacionamento aberto

Confira agora os prós e contras do relacionamento aberto:

Aspectos favoráveis:

  • Relação sexual mais variada
  • Realização de fetiches sexuais
  • Experiências agradáveis com outras podem ser levadas para a sua parceira
  • Boa opção para quem não gosta de assumir muitos compromissos
  • Boa opção para casais aventureiros e radicais

Aspectos desfavoráveis:

  • Pode criar um espírito de competitividade no casal
  • Pode também se tornar uma rotina cansativa
  • Um dos dois pode começar a sentir ciúmes
  • Pode acontecer envolvimento sentimental com terceiros
  • Comparações com outras pessoas, cobranças e insatisfação são riscos
  • Preconceito social em relação à “poligamia” e ao relacionamento aberto

Depois de todos os conceitos bem estabelecidos, vamos às instruções para fazer a coisa funcionar!

7 dicas para fazer o relacionamento aberto dar certo

Mas como conciliar mais de uma mulher, sem magoar a parceira? Nós fizemos uma lista com 7 recomendações para um relacionamento aberto dar certo. Confira a seguir:

1 – Não é remédio para tudo

Se você está saindo de um relacionamento tumultuado ou foi traído, não pense que a solução é iniciar uma relação aberta. Dê-se algum tempo antes para superar o fim de um relacionamento ou superar a traição antes de decidir.

2 – Deixem tudo às claras

O primeiro passo é comunicar a situação à sua parceira. Sente-se com ela num momento apropriado. Explique que é algo que você gostaria de tentar. Deixe claro à parceira o porquê você a ama. Assegure que ela tem um espaço especial em seu coração que ninguém poderia preencher. A ideia é que ele saiba que não importe com quantas pessoas você se relacione, o amor será sempre dela. Então, se ela concordar, você pode dar o próximo passo. Caso contrário, você tem três opções:

 

I – Continuar na relação monogâmica fielmente

II – Tentar convencê-la a longo prazo com jeitinho

III – Terminar a relação sem magoar e procurar alguém que aceite

 

Não a pressione nunca. A traição também não é uma opção, okay? A menos que você queira passar por todos os riscos e sofrer todas as consequências em conciliar mais de uma mulher ao mesmo tempo.

3 – Entender realmente o que é relacionamento aberto

Esconder coisas um do outro não entra a definição de relacionamento aberto. O relacionamento aberto é uma relação em que o casal expõe ‘abertamente’ os seus desejos e o seu envolvimento com outras pessoas de forma livre e consensual.

4 – As razões certas

Em um verdadeiro relacionamento aberto, sua parceira “inicial” é aquela que você ama, o resto é sem compromisso, uma paquera, um flerte, um beijo, uma transa. Não é que você não se importe com quem você se relaciona, mas seu relacionamento primário sempre deve estar acima dos outros. Se você quer se envolver emocionalmente com outras pessoas isso pode afetar seu relacionamento “principal”. Então tenha as razões certas.

5 – Definam suas ‘regrinhas básicas’

Obviamente, as regras de um relacionamento aberto variam de casal para casal, mas todas são muito importantes. Depois de decidirem tentar, sentem-se e façam uma lista dos limites com os quais ambos se sentem confortáveis. Anote-os e conversem antes de dar o próximo passo. Estas são algumas das regras mais comuns e deixamos aqui como exemplos:

  • Os dois têm direito de se relacionar com outras pessoas se assim desejarem
  • Sempre usar preservativos
  • Nada de sexo com amigos em comum
  • Sexo apenas com pessoas conhecidas por um deles
  • Sexo apenas com pessoas conhecidas por ambos
  • Sexo apenas com desconhecidos
  • Sexo com conhecidos ou desconhecidos
  • Nada de se envolver emocionalmente
  • Os encontros sexuais não devem interferir nos hábitos e planos do casal
  • O sexo só é permitido quando um de vocês está fora da cidade
  • O sexo com outra pessoa só é permitido quando o seu parceiro aceitou antecipadamente
  • O sexo só é permitido se ambos estiverem envolvidos
  • O sexo só é permitido se comunicado posteriormente
  • Nada de fazer sexo com outras pessoas na residência do casal
  • O sexo com outras pessoas é permitido na casa, mas não na cama do casal
  • O sexo é com outras pessoas é permitido na casa em qualquer lugar

6 – “A Terceira Pessoa”

Escolher uma terceira pessoa é um tema delicado. Alguns casais com relações abertas preferem que sejam desconhecidos para que não surjam sentimentos entre eles e não haja ciúmes. Outros, no entanto, não gostam de entrar em contato com estranhos e suas relações são com pessoas conhecidas. Então vale a escolha de cada casal.

7 – A verdade, nada além da verdade

A terceira pessoa merece saber que você está em um relacionamento aberto. Tente abordar o assunto com uma frase como: “Eu gosto muito de você, mas você deve saber que estou em um relacionamento aberto, então há alguém na minha vida”.

Você está pronto?

Manter um relacionamento aberto não é fácil. Você nunca pode esperar que o que funcionou no início funcione para sempre. Por isso, vocês devem conversar continuamente, pensar com cuidado e ter certeza do que querem fazer em cada etapa.

 

E então, o que achou do artigo?

 

Não esqueça de compartilhar essa série de dicas nas redes sociais!

 

Até mais aqui no Macho em Série!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *