Receita do Prazer: Conheça as 10 Principais Zonas Erógenas da Mulher

Receita do Prazer: Conheça as 10 Principais Zonas Erógenas da Mulher
4 (80%) 4 vote[s]

Há quem diga que o corpo da mulher é um enigma. Partindo deste pressuposto princípio, vamos revelar aqui as 10 principais zonas erógenas no corpo de uma mulher e acabar de vez com este mistério.

Talvez você não saiba, mas o corpo humano tem mais de 800 possíveis zonas erógenas a serem exploradas, todas elas com terminações nervosas supersensíveis, só esperando para serem estimuladas adequadamente.

Os órgãos genitais, claro, ocupam o topo desta imensa lista, mas existem outros tantos locais que podem ser bem explorados no corpo da mulher. Daí, vai da sua imaginação na hora do “vamos ver” e nós vamos te ajudar nisso, contando quais são as mais importantes zonas erógenas.

O que São Zonas Erógenas Afinal

Ao “pé da letra”, zonas erógenas são partes do corpo humano onde o simples toque pode desencadear várias sensações que levam à excitação sexual. Analisar e definir estas partes do corpo humano é o que sempre foi um verdadeiro enigma para as pessoas e para a ciência.

Em 2013, uma pesquisa neurocientífica revelou dados surpreendentes.  A pesquisa, realizada por universidades britânicas e sul-africanas foi anunciada como o primeiro “levantamento sistemático de sensações eróticas de várias partes do corpo”.

A grande revelação é que diversos locais, até então inimagináveis como um possível ponto erótico, revelaram-se surpreendentemente como excitadores, tanto no corpo da mulher como até do homem.

zonas erógenas

E por falar no homem, segundo o professor Oliver Turnbull, da Universidade de Psicologia de Bangor, que coordenou o estudo com cientistas da Universidade de Witwatersrand, em Joanesburgo, a maioria das pessoas acreditam que o corpo das mulheres está cheio de zonas erógenas e que o homem tem apenas uma, o local óbvio.

Mas este estudo revelou que as coisas não são bem assim e que o homem também possui muitos pontos estimuladores, as zonas erógenas e que a mulher possui apenas um número sensivelmente maior.

É o que todos os homens sempre buscam: ter prazer e dar prazer, levando a mulher ao orgasmo. E falando de orgasmos das mulheres, tem uma matéria muito legal que fala exatamente disto, ou seja, maneiras de levar a mulher ao orgasmo. Dá uma lida, vai ser bem enriquecedor.

As 10 Principais Zonas Erógenas da Mulher

Agora você vai conhecer as 10 principais zonas erógenas no corpo de uma mulher, bem como sutis dicas de estimulação. Anota tudo aí…na mente, claro.

  • Os Lábios:

Os lábios são absolutamente lotados de terminações nervosas e o contato labial com uma certa estimulação pode causar efeitos eróticos inimagináveis. Explore bem a boca de sua parceira, com seus lábios e língua. Ela vai começar a enlouquecer.

  • O Pescoço:

O pescoço é uma região extremamente sensível ao toque e traz resultados fantásticos quando o assunto é estímulo sexual. Segundo uma reportagem da Revista Super Interessante da Editora Abril em 2015, o pescoço “...é uma área que acumula tensão, então nada mal receber beijos e cafunés ali…”.

  • As Orelhas:

Estão ali, coladinhas ao pescoço e são tão sensíveis quanto. Estimulá-las é resultado positivo quase certo. Apenas fique atento às reações de sua parceira ao estimular a orelha, pois algumas mulheres sentem cócegas nelas.

  • O Entorno dos Seios:

É comum aos homens acharem que o principal ponto de estímulo sexual nos seios são os mamilos. No entanto, em volta dos seios existe uma zona erógena imensa à ser explorada. Use e abuse da imaginação: que tal alguma coisa quente ou gelada?

  • A Lateral do Corpo da Mulher:

O nosso corpo é extremamente sensível ao toque e o da mulher é ainda mais, principalmente em um momento erótico e sensual. Passar as mãos e/ou os dedos na parte lateral de uma mulher, vai “acordá-la” sensivelmente para o sexo.

  • A Virilha e o Bumbum:

Não é preciso dizer que são zonas erógenas extremamente sensíveis e estimulantes. Use a sua imaginação nestas regiões também, como uma boa massagem, beijinhos de leve, etc.

  • O Umbigo:

É uma zona erógena muito importante e estimuladora. Como dica, você pode usar um gelinho, alguma bebida levemente aquecida ou a própria língua, porque não?

  • Você Conhece o Ponto G:

Muito se ouve falar dele, mas ainda hoje é incógnita para muitos homens. O ponto “G” fica a cerca de 2 centímetros da entrada da vagina, para cima, e é um local com extremas sensações nervosas voltadas para a sexualidade.

Adam Ostrzenski, um importante médico do Instituto de Ginecologia de St. Petersburg, Flórida, conseguiu confirmar a existência do ponto “G” depois de realizar estudos do próprio órgão genital feminino.

O ponto “G”, inclusive, pode levar a mulher próximo do orgasmo, senão ao próprio orgasmo. Tudo vai depender da sensibilidade da parceira e dos estímulos certos. Tome nota!

  • Os Pés:

Pode não parecer, mas os pés são uma importante zona erógena e reserva sensações verdadeiramente incríveis. Se explorado adequadamente, você vai começar sua relação sexual com sua parceira, digamos, com o “pé direito”.

Beijinhos, leves toques, etc., pode ser um bom início.

  • O Ânus:

O ânus reserva muito mais sensações eróticas do que você imagina. E não estamos falando exatamente de introduzir o dedo ou o pênis. O ânus ainda é uma região à ser explorada e muitas mulheres ainda têm medo, seja por dor, preconceito ou nojo.

Como zona erógena, nada melhor do que uma massagem com o uso de um gel, por exemplo, e leves toques. Jamais force a barra e, ao contrário, estimule a sensibilidade erótica de sua parceira para esta região, de forma lenta, gradual e sensual.

Zonas Erógenas: o que as Mulheres Buscam e Esperam

Claro que a resposta mais óbvia para a questão é prazer sexual. No entanto para chegar neste aparentemente simples objetivo, existe um longo caminho que começa lá atrás no papo bom, nos estímulos sexuais, etc.

E é exatamente nesta hora que entra em ação duas coisas importantes: as zonas erógenas e a criatividade masculina. Isso mesmo, estas duas coisas serão determinantes para uma relação sexual satisfatória para o casal.

Mas não há mistérios, como muitos homens pensam. A sensibilidade do corpo humano, principalmente das mulheres, está diretamente ligada no toque certo, no lugar certo, na hora certa. E não acertou da primeira vez?

Tudo bem, acerte na segunda tentativa. As zonas erógenas são as mesmas para todas as mulheres. O que muda é a intensidade, a sensibilidade desta ou daquela zona erógena em específico e a maneira como é feito o estímulo.

Na verdade, quando do ato de estimulação sexual, tudo conta: onde você toca, o que você diz, suas ações, a forma como você toca as zonas erógenas, o estímulo certo nas regiões genitais, etc. Mas não há uma receita infalível, pode esquecer.

E sabendo que cada pessoa, cada mulher é de um jeito diferente, você vai precisar mesmo se reinventar, não tem outro jeito. Mas como já dito, não há mistérios.

Quer saber mais sobre o que realmente querem as mulheres? Tem outra matéria interessante que conta tudinho e é sempre bom saber mais sobre o assunto, não é verdade?

O vídeo abaixo também vai lhe dar dicas importantes sobre como “deixá-las loucas na cama”. Dá uma conferida na matéria acima e no vídeo logo abaixo. Você vai ficar fera nisso, pode apostar!

Esta matéria foi legal, você gostou? Então aproveita e compartilha com mais alguém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *