12 clássicos da literatura que você deveria ler antes de morrer

Todo homem deve ler. Sem exceção. E não é para fazer tipo não. É para formar repertório, ter condições de engatar um papo inteligente e formar vocabulário. Somente com leitura é que você terá condições de participar da conversa, usar palavras e expressões que vão te tirar do anonimato da roda e fazer com que você se destaque.

Nós preparamos uma lista com 12 clássicos da literatura mundial que você deve começar a ler imediatamente. São autores que, com suas obras, marcaram época e influenciaram gerações. A lista inclui títulos de vários gêneros: romance, ficção, policial, relato de viagem e até poesia. Não perca tempo, comece agora a ler esses títulos e você verá que as suas relações irão mudar! Vamos aos livros:

Breve Romance do Sonho

Neste livro, Arthur Schnitzler discute o trabalho que Freud fez com a psicanálise. Esqueça o filme de Tom Cruise (De Olhos Bem Fechados). O livro irá fazer com que você mergulhe num universo novo e provocante!

O Grande Bazar Ferroviário

Paul Theroux é viajante profissional. Com ele, não tem frescura. Ele embarca nos trens e ônibus mais perigosos de lugares tão distantes que poucos conhecem. Este é um clássico do relato de viagem.

O Velho e o Mar

Ernest Hemingway escreveu este embate entre o homem e o peixe e que se tornou um dos grandes clássicos da literatura mundial. O velho tem que enfrentar a solidão e lutar para sobreviver em alto-mar. Imperdível!

A Metamorfose

Poucos escritores se tornaram adjetivos. Franz Kafka é um deles. Neste seu clássico, ele transforma um homem num inseto assim que ele acorda. É a deixa para questionar a existência.

Ninguém Escreve ao Coronel

A lista poderia ter outros títulos de Gabriel García Márquez, como Cem Anos de Solidão. Mas este é um emblema da América Latina e pouco lido. Um militar aguarda seu pagamento numa cidade hostil, vítima da burocracia. O autor traduz os infernos latinos com perfeição.

1984

A onda das distopias juvenis teve um dos seus marcos neste clássico de George Orwell. Ele introduz a figura do Big Brother, que vê tudo o que acontece, e também coloca em discussão o autoritarismo e a presença do Estado num livro que foi profético.

Crônica de um Amor Louco

Charles Bukowski era um personagem, bêbado, rodeado de malandros e mulheres largadas. Mas levava seu trabalho a sério. Escreveu muito e quase sempre acima da média. Este livro reúne contos que mostram como era o universo do escritor maldito. É a melhor introdução ao seu trabalho.

O Senhor dos Anéis

A trilogia de J.R.R. Tolkien modificou toda a cultura pop no século 21, apesar de ter sido lançado em 1954. Os filmes ajudaram, mas a força está no universo criado pelo escritor. Pode parecer coisa de nerd, mas os livros superam os gêneros e mostram força narrativa.

As Vinhas da Ira

John Steinbeck escreveu o livro com os olhos na Grande Depressão americana de 1929. Tom Joad, o personagem principal, se tornou um ícone da força de sobrevivência. A história trata da luta de uma família para trabalhar nas colheitas da Califórnia, sem dinheiro e perspectiva.

Tabloide Americano

James Ellroy escreve com as vísceras. Este romance mistura estrelas de Hollywood, corrupção policial, JFK, J. Edgar Hoover, cubanos e máfia. O autor mistura ficção e realidade numa trama policialesca que irá fazer com que você queira ler todos os seus livros.

Memórias Póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis é considerado o maior escritor brasileiro. Ele definiu um padrão de literatura com sua trama narrada por um morto. Ler Machado é obrigatório, e você pode começar por este.

Toda Poesia

O livro ficou meses na lista dos mais vendidos e ressuscitou o interesse pela poesia de Paulo Leminski. É um bom exemplar de poesia sem afetação, criativa e moderna.

Gostou da nossa lista? Está preparado para começar a ler? Deixe as indicações dos livros que mais gosta e aproveite para curtir a nossa página no Facebook!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *