Conheça 5 histórias de sucesso de homens que são inspiração de vida

Sucesso, segundo o dicionário, é o “resultado bom ou mau de um negócio”. É o êxito ou o “final feliz” de uma empreitada, que por vezes custa a aparecer e é precedido de muitos fracassos e tentativas frustradas.

Entretanto, quem triunfa e obtém aquilo que deseja normalmente se torna exemplo para os demais e serve de inspiração de vida para que outros não desistam de seus objetivos e busquem realizar seus sonhos. Com tudo isso em mente, elaboramos o post de hoje para contar algumas histórias de empresários, esportistas e homens comuns que, por superação ou por uma grande sacada, mudaram de vida e são vistos como modelo inspirador. Confira:

Walt Disney

Antes de construir seu lendário império de entretenimento que todos nós conhecemos hoje, Disney passou por vários obstáculos. Em um de seus primeiros empregos como ilustrador de anúncios publicitários de um jornal, Walt foi demitido por “falta de imaginação e boa ideias” para os serviços que fazia.

Porém, ele não desistiu do seu sonho. Com seu irmão e um amigo, fundou uma produtora de desenhos animados. Era o embrião da Walt Disney Studios! Vale lembrar, porém, que na década de 20 o cenário desse segmento não era nada propício, e o talentoso artista passou a morar no escritório de sua empresa, tomar banho uma vez por semana em uma estação de trem e chegou até a comer comida de cachorro.

Depois de alguns pequenos trabalhos, ele conseguiu levar seu estúdio para Hollywood e sua sorte melhorou. Fechou contrato com a Universal Studios, que passou a comprar e exibir os trabalhos da equipe. Dentre seus principais personagens criados estava o Coelho Osvaldo, seu primeiro sucesso.

A partir daí e com a criação de seu personagem mais famoso, Mickey Mouse, em 1928 tudo mudou. A empresa saiu da miséria, e o até então fracassado ilustrador se tornou inspiração para diversas gerações.

Steve Jobs

Nem para um dos maiores gênios dos últimos tempos a vida foi fácil. Apesar de ter sido um dos co-fundadores da Apple, Jobs foi demitido de sua própria empresa por conta de seu temperamento exigente e duro ao lidar com seus funcionários.

O que para muitos poderia ser trágico serviu de combustível para Steve dar a volta por cima e mostrar todo seu talento. Um ano depois, ele comprou a LucasFilms, um estúdio de computação gráfica que mais tarde se tornaria a Pixar, uma das maiores empresas de animação do mundo. Responsável pela criação de filmes como Toy Story, Monstros S.A., Carros, Procurando Nemo, dentre muitos outros, o estúdio lhe rendeu 27 Oscars, 7 Globos de Ouro e 11 Grammys.

O sucesso na empreitada garantiu a Jobs o retorno à Apple para mudar para sempre o mercado de telefonia celular e de dispositivos móveis com o lançamento de aparelhos como o iPhone, iPad e o iPod.

Ricardo Nunes

Dono de uma das maiores redes de varejo do Brasil, a Ricardo Eletro, com faturamento superior a R$ 9 bilhões por ano, Ricardo Nunes tem uma história marcada por superação e criatividade. Com a precoce morte do pai, ele precisou a trabalhar cedo para ajudar a mãe com a renda da casa.

Passou a vender frutas na porta da faculdade. Ele logo percebeu o fraco desempenho das vendas de tangerina e se deu conta que seus clientes não a compravam por que precisariam descascar a fruta. E, assim, começou a vender tangerinas já descascadas.

Com uma situação financeira melhor, abriu uma loja para vender liquidificadores e adotou uma estratégia ousada para superar seus concorrentes: cobrir qualquer oferta.

Apesar do prejuízo com os liquidificadores, a ideia criativa deu resultado. Seus clientes lançam mão dos descontos e aproveitam para comprar outros produtos. Assim, aliando trabalho e inovação, surgiu um dos maiores empresários brasileiros da atualidade.

J.P. Morgan

Um dos maiores investidores americanos de todos os tempos, Morgan também teve papel de destaque na indústria estadunidense. Responsável pela fusão de diversas empresas, entre elas a que originou a General Eletric, ajudou a fortalecer e enriquecer diversos segmentos.

Além disso, o empresário salvou seu país duas vezes da crise econômica, emprestando ao tesouro americano mais de US$ 65 milhões em ouro.

Pauê

Primeiro surfista biamputado do mundo, triatleta e escritor, o santista Pauê fez de seu terrível acidente sofrido em 2000, quando foi atropelado por um trem em uma linha desativada e perdeu parte de suas duas pernas, o ponto de transformação de sua vida de superação.

Apaixonado por esportes, transformou sua recuperação em um incentivo para voltar ao surf e a andar. E não deu outra! Com determinação, persistência, força de vontade e muito treinamento, ele deu a volta por cima e fez do triathlon – natação, ciclismo e corrida – o estopim para recomeçar.

Após os primeiros títulos e resultados pessoais, voltou ao mar para entrar para a história como o único surfista biamputado do planeta. Sua trajetória e seus desafios também renderam um livro, alguns documentários e diversos trabalhos de incentivo e motivação pessoal e profissional.

De fato, como já dizia Winston Churchill, “o sucesso é ir de fracasso em fracasso sem perder o entusiasmo”. Por isso, até os mais conhecidos e melhores esportistas e empresários passaram por momentos de dificuldade antes de chegarem ao auge.

Caso conheça outra história de inspiração, deixe seu comentário e compartilhe suas dicas e sugestões com a gente. Até a próxima!