Ainda há espaço para ser romântico?




Essa é uma pergunta que nós homens fazemos dessa maneira como está escrita no título, enquanto muitas mulheres reclamam que não há mais homens românticos.

Sim, confuso né? Logo surge uma outra dúvida entre os homens, sobre o tipo de homens que as mulheres gostam, e resposta é assunto pra esse outro artigo, recomendo que leia também:

Mas voltando aqui para o assunto de hoje, sim, ainda há espaço para ser romântico. A pergunta, ou melhor, as perguntas corretas são: “Com quais mulheres devo ser romântico?” e “em quais momentos devo ser romântico?”.

Gentilezas e romantismo 

Vivemos em um mundo em que a mulherada não pensa tanto em romantismo. Pelo menos não como a literatura sugere em tempos passados. No entanto, elas ainda adoram gentileza (que, na mente delas, é sinônimo de romantismo).

Haha! Uma frase que demonstra gentileza e que sempre funciona é: Está com fome?

Elas amam gentileza. E não precisa se esforçar muito. Coisas básicas como estar em um bar, se oferecer para pegar uma bebida para ela e servi-la, já deixam uma excelente impressão em qualquer mulher.

Mas, em se tratando de romantismo propriamente dito, o grande problema reside mesmo em atos mais simbólicos, como dar flores de presente, escrever poemas, fazer declarações em público e coisas do gênero.

Tais atos não saíram de moda, mas estão mais escassos evidentemente. E você precisa dimensionar se cabe romantismo com a mulher que está atualmente ou que cobiça.

Elas é que decidem se você será romântico ou não

No dicionário, entre outras coisas, romantismo é a qualidade de uma pessoa romântica apaixonada e sonhadora para com outra.

Ou seja, ou você tem uma outra pessoa para ser romântico a vontade, ou será um sonhador pelo resto da sua vida.

Ninguém diz, e ninguém pode dizer, que você não pode bancar o sonhador em seus momentos sozinho, porém, quando se trata da realidade, o romântico que existe em você deve dar lugar a um homem que irá avaliar o terreno antes de agir.

Caso #1

Caso esteja com uma mulher afável, receptiva a todos os gestos de carinho e gentileza, este é um grande indicativo de que ela gosta de atos românticos. Com ela, você pode dizer que o romantismo não morreu.

Caso #2

Porém, hoje temos mulheres que não querem saber de homem romântico. Elas querem “macho” de verdade (como se romantismo diminuísse a masculinidade de um homem), e simplesmente não querem saber de receber um poema feito com todo amor e carinho em sua porta.

Já vi várias vezes, e você também deve ter visto, mulheres que pegaram cartas, lindas cartas de amor e foram contar para as amigas em tom de chacota. Mulheres que receberam flores e não deram a mínima para isso. Provavelmente deixaram as flores morrer sem nem colocá-las em um vaso com água.

Para ser mais claro, uma vez no trabalho, um rapaz deixou uma caixa de bombons para uma garota que estava afim. Ela agradeceu, sem problemas. Mas ela não estava nem ai para ele e, no mesmo dia, ela paquerou outra pessoa. Pareceu até uma resposta ao ato romântico do rapaz, afirmando que com ela não iria rolar.

Portanto meus amigos, a conclusão é: o romantismo não morreu, apenas está reservado para as mulheres que querem e merecem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *