Aprenda como ter a suplementação alimentar como sua aliada




A preocupação com a estética e o corpo perfeito nunca esteve tão em alta. As academias de ginástica vivem lotadas, os centros de estética nunca lucraram tanto, os parques e praias estão cada vez mais repletos de desportistas amadores e a profissão de personal trainner atingiu um patamar inimaginável há alguns anos.

Mas existe um fator fundamental que se não for bem cuidado pode botar todo esse esforço a perder:

Uma nutrição adequada.

Nosso organismo não consegue evoluir se não oferecermos para ele os nutrientes que precisa para construir músculos, dar energia e queimar gordura. Algumas pessoas acreditam que isso não é possível apenas com a alimentação e partem para a ingestão de suplementos. Será que elas estão certas?

Confira a resposta no artigo a seguir e descubra como a suplementação pode ser uma grande aliada:

Uma alimentação deficiente

Um dos grandes problemas da sociedade moderna é exatamente a alimentação deficiente na qual somos submetidos, seja por opção própria, seja pela da falta de tempo.

Não importa a desculpa, o fato é que mesmo que a gente engorde, estamos fazendo as opções erradas e deixando nosso organismo sem condições de nos proporcionar a saúde e o físico que desejamos.

Alimentos enlatados, com excesso de sódio, gordurosos, combos das redes de fast food etc. Eles juntos trarão quilos extras na balança e, mesmo assim, não nos darão os nutrientes que precisamos:

  • Carboidratos complexos;
  • Proteínas magras;
  • Gorduras insaturadas;
  • Vitaminas e minerais;

Em teoria, é possível obter todos os compostos que precisamos apenas através da alimentação, desde que sejamos disciplinados para seguir uma dieta bem balanceada. No entanto, na prática, isso não é o que acontece.

E se você não é daqueles que arruma seu prato com frutas, legumes, peixes, vegetais, sementes, folhas e grãos, os suplementos realmente podem ser grandes aliados.

E quando faltam nutrientes?

A consequência dos maus hábitos alimentares não tarda a aparecer:

cansaço sem razão aparente,

  • Fraqueza,
  • Excesso de sono,
  • Unhas quebradiças,
  • Cabelos sem viço ,
  • Acima de tudo…poucos resultados no treinos da academia.

Quando a alimentação do paciente não é capaz de suprir as suas necessidades, não adianta malhar feito um louco, nem correr como se não houvesse amanha. E então é hora de melhorar a sua dieta e partir para a suplementação.

Quais são as alternativas?

Polivitamínicos – também chamados de multivitamínicos, eles servem para repor não somente as vitaminas que você deveria ingerir, mas também os minerais indispensáveis para o bom funcionamento do organismo.

Mesmo quem come bem pode se valer dos benefícios desse suplemento, pois não é fácil ter diariamente os níveis indicados de todas as vitaminas e minerais que precisamos.

Óleos e ácidos graxos – essas são as gorduras que fazem bem, oriundas de peixes, azeite de oliva e sementes oleaginosas principalmente. Insaturadas, representadas pelas séries ômega-6 e ômega-3 e monoinsaturados, representados pela série ômega-9, ajudam na redução da pressão arterial e no controle da gordura no sangue.

Proteínas – o suplemento mais utilizado nas academias é a proteína. O whey protein, feito a partir do soro do leite, ajuda na formação de músculos, pois é composto por diversos aminoácidos que aceleram a recuperação do tecido muscular após o treino.

Para quem quer ganhar massa e força, essa alternativa pode cair muito bem.

Os suplementos, quando usados de uma forma inteligente, eles podem ser de grande valia e ajudarão a melhorar os seus resultados significativamente. E você, já teve alguma experiência com suplementos? Conte para nós nos comentários!