Como curar a ressaca: o guia definitivo!

Se isto fosse uma ficção, série passando no Netflix, como How I Met Your Mother, bastaria recorrer ao excelente “elixir ressaca fixador de Stinson” para acabar com os problemas de uma noite agitada de bebedeira, mas como a mistura com bacon, gordura, tantrum (energético), cebolitos, bananas e gengibre não existe, vamos te passar o guia definitivo de como curar a ressaca.

Vai ser exatamente como na série descrita acima, você bebe e sentir-se melhor assim que a bebida invade seu organismo, melhorando tudo no caminho para seguir em frente, rumo a um dia de trabalho ou para a próxima balada.

Leia também: Beber muita água por dia vai te ajudar a emagrecer?

COMO CURAR A RESSACA: O GUIA DEFINITIVO!

Como sabemos, a ressaca é um grave incômodo que nos faz prometer nunca mais tomar um porre na vida, até que a ressaca vai embora e voltamos a fazer tudo de novo.

Como curar a ressaca: o guia definitivo!

O problema é o “meio” desse processo.

Como curar a ressaca é algo que já existe e nós vamos mostrar, mas primeiro, o que é a ressaca?

O QUE É A RESSACA?

A ressaca é um mal-estar causado pelo consumo em excesso de álcool no qual geralmente surge no dia seguinte à bebedeira, mas, em alguns casos, pode acontecer entre 4 e 6 horas depois do consumo excessivo de bebida alcoólica.

Aprenda a definir uma ressaca

Os principais sintomas da ressaca são:

  • Dor de cabeça forte;
  • Sensibilidade ao som e à luz;
  • Enjoo e vômito;
  • Mal-estar geral e dores de corpo;
  • Dor de estômago;
  • Boca seca e muita sede;
  • Falta de apetite.

Leia também: Aprenda Utilizar o Whatsapp para Atrair Mulheres

COMO CURAR A RESSACA MAIS RÁPIDO?

Vamos começar com o mais básico, informando os métodos mais utilizados para a cura da ressaca, aliás, é por meio deles que a maioria das receitas surge.

ÁGUA

H2O, mais conhecido como água, é uma obrigação para curar uma ressaca. 

Beba água para curar a ressaca.

Como você provavelmente sabe das frequentes viagens para o banheiro durante uma noite de muita cerveja e cachaça, acontece pelo de o álcool ser um diurético e pode causar desidratação.

Portanto, por mais bêbado que você esteja, uma grande contribuição contra os efeitos da ressaca no dia seguinte é, antes de cair na cama, mande goela abaixo uns quatro a seis copos de água.

E na próxima vez que você sair, recomendamos pedir um copo de água para cada cerveja ingerida, assim como alternar entre os dois para substituir líquidos perdidos.

Em alguns casos, somente a reposição de água na medida certa ao que foi perdido com o álcool já resolve muita coisa.

Leia também: Como identificar quando a gata não quer papo com você?

COMIDA

O que você come depois de beber não importa – é o que você come antes de todos aqueles copos de cerveja, vodka, cachaça e o que mais tiver mandado para dentro – que podem ajudar a diminuir a ressaca no dia seguinte. 

Não deixe de se alimentar

Alimentos ajudam a retardar a absorção de álcool, e quanto mais tempo leva o álcool para atingir seu fluxo sanguíneo, mais tempo até você ficar intoxicado com o álcool.

Não há nenhuma evidência científica de que uma ajuda básica feita por um montante de bacon e ovos e outros alimentos gordurosos aliviarão a angústia da ressaca conforme algumas pessoas juram que faz, o correto, agora sim sobre prescrição médica, a comida gordurosa só vai lhe dar azia, o recomendável é se alimentar com comidas fáceis de digerir, como torradas ou cereais.

Claro, se você não tiver antes e nem depois alimentos saudáveis e fáceis de digerir à disposição facilmente, coma um sanduíche, coma algo, mesmo que gorduroso, pois o estômago vazio só piore a situação.

Doces também são recomendados, mas não em excesso e muito menos açúcar puro como alguns malucos fazem quando estão desesperados.

Um pé de moleque, balas, barras de chocolate e outros são os mais indicados.

CAFÉ

Como muitos de nós, comecei a beber cerveja muito antes de começar a beber café.

O café é um forte aliado para curar a ressaca

E por isso digo com absoluta certeza, a primeira vez que estava de ressaca e apelei para uma xícara de café forte, foi uma revelação. A ressaca acabou de forma quase instantânea.

Verdade que era uma ressaca mais leve comparadas com outros porres, mas foi sensacional.

E deverei ser óbvio, não é mesmo? Muita gente, com ressaca ou não, usa uma xícara de café para acordar e se sentir alerta no trabalho. 

Mas uma ida ao Starbucks não lhe dará benefícios duradouros, e a cafeína pode tanto tratar e causar dores de cabeça e enxaquecas, então esta é uma preferência pessoal. 

Se você tomar uma xícara de café para curar uma ressaca, não se esqueça de beber água, também, uma vez que estudos sugerem que cafeína causa desidratação.

Leia também: 6 Alimentos que tem o poder de aumentar a testosterona

MAIS ÁLCOOL PARA DENTRO

Essa é má ideia, mas é utilizada por muitos, para evitar a ressaca, continuar bebendo no dia seguinte.

Beba mais

Isso não resolve nada, só gerar um efeito anestesiante, mas tudo que está fazendo é prolongar o inevitável, e provavelmente vai fazer a sua dor de cabeça ser muito pior.

E os especialistas concordam que se você usar essa “cura”, o risco de abuso aumenta, podendo levar à dependência de álcool.

Leia também: Beber muita água por dia vai te ajudar a emagrecer?

MEDICAÇÃO PARA DOR

Sim, é recomendável tomar um comprimido (ou dois, dependendo da dosagem recomendada), depois, mas faça isso aderindo a drogas anti-inflamatórias, como aspirina, ibuprofeno e naproxeno). 

Medicação é uma boa arma contra a ressaca

Então você está liberado para tomar analgésicos para curar a dor de cabeça insuportável.

Uma dica importante! Alguns já sabem, mas outros não, é que uma aspirina pode ser tomada antes de dormir, ou seja, depois de encher a cara e ter total ciência de que acordará com a cabeça explodindo, tome um Dorflex, Doril, aspirina ou outro analgésico exatamente antes de ir dormir.

Isso não ajudará com os outros sintomas da ressaca (sede, azia, falta de vontade e outros), mas resolverá o que mais incomoda, a dor de cabeça.

Mas é importante salientar, não tome o analgésico enquanto estiver bebendo e, sim, só depois que tiver encerrado a bebedeira.

Se tomar antes, além de poder fazer mal ao seu bem-estar, o álcool novo no organismo pode neutralizar o efeito do analgésico, ou seja, vai tomar um comprimido e acordar com a cabeça explodindo do mesmo jeito.

Leia também: Aprenda como ter a suplementação alimentar como sua aliada

DORMIR

Essa é de lei, não é mesmo? As pessoas dormem mal depois de uma noite de bebedeira, mesmo que acredite ter apagado, você não dorme tão bem.

Dormir é uma das melhores coisas contra a ressaca

Ronca, a boca seca, o estômago incomoda e, basta que o organismo melhore o suficiente, para te acordar e avisar: “Ei, quero água! Quero comida! Quero ir ao banheiro vomitar!”.  

Funciona assim, o álcool vai colocá-lo para dormir rápida e pesadamente, mas quando ele começa a se desgastar várias horas depois, a retirada é percebida pelo seu corpo e pode interromper o sono e descarregar uma série de sintomas da ressaca todos de uma vez. 

Embora privação de sono por si só não cause uma ressaca, definitivamente pode fazer os sintomas ficarem piores.

Mas se você tem o luxo de dormir bastante no dia seguinte, faça-o. Tente relaxar o máximo possível. Seu cérebro nebuloso e o corpo desgastado agradecerão. 

E o melhor de tudo, nosso corpo funciona sozinho, como já deve saber, e tem uma incrível capacidade de nos curar por conta própria, basta que dê as condições para ele o fazer, como dormir bastante e dar tempo a ele.

Comentários

  1. Matilde Freitas Responder

    Excelente informações … estarei mais atenta ao habitos … estas dicas são preciosas para nós que sofremos com a azia e queimação. Obrigado por compartilhar!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *