Atitudes que Você NUNCA Deve Cometer ao Abordar uma Mulher

Hoje vou falar sobre ATITUDES QUE VOCÊ NUNCA DEVE FAZER EM ABORDAGENS (a última é a pior).

OBS.: Por “abordagem” neste artigo, deve-se considerar apenas o ato de iniciar uma conversa. Aquele ato de atitude ou palavra inicial.

1 – Enrolar

Olhou pra ela e ela te olhou de volta, demonstrando interesse, aborde. Quanto mais tempo demorar para ir, mais fraco psicologicamente você se mostra e isso faz o interesse dela ir embora.

Também, outro cara mais confiante pode aparecer e fazer o trabalho enquanto você cria coragem.

Não pense em possibilidades, no que vai falar ou enrole, isso só vai te atrasar e aumentar o receio de abordar.

2 – Usar cantadas

Existe algo mais ridículo que cantadas? Bem, existe e falarei no item 5, mas acredite: cantadas nunca são recomendadas.

Ao utilizar essas frases prontas, o nível de atração que ela sente por você irá decair exponencialmente e ela te considerará “ridículo”. Elas querem homens de verdade, não moleques.

3 – Elogiar

Esse é outro grande erro. Ao abordar uma mulher elogiando, estará bem explícito que você está ali com intenções de ficar com ela e está tentando buscar aprovação com um elogio.

No entanto, o que acontece é exatamente o contrário. Com um elogio de primeira, a garota tem seu moral elevado e acaba sentindo que tem um valor maior que o seu.

Se ela está se sentindo superior, por que se “rebaixar” ficando com alguém com valor inferior?

4- Puxar

Tocar em alguém é demonstração de intimidade e isso deve ser conquistado consensualmente. Mas se uma garota for passar e do nada você segurá-la pelo braço, 9,9 entre 10 casos, você levará um belo de um fora, se não uma cotovelada. E olha que estou sendo otimista nos números.

Então não puxe nenhuma mulher antes de falar. Tendo o contato iniciado, o toque é liberado e recomendado.

5- Pedir permissão

  • Posso sentar aqui?
  • Posso falar com você?
  • Me dá um beijo?

São frases bem comuns nas interações sociais entre homens e mulheres e quase nunca funciona. Por quê? Porque ao pedir permissão para interagir com uma mulher, você a estará colocando ela em uma posição de valor superior.

Por exemplo, quando você era menor, pedia sempre permissão para os seus pais para fazer algo, mas nunca ao irmão menor.

Em outro exemplo, você costuma pedir permissão para o seu chefe, não para um colega com hierarquia igual ou inferior. Agora faz sentido?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *